O que é PIX, seu significado, uso, vantagens e desvantagens

O PIX possui uma espécie de lema mostrado com orgulho no site do banco central: Vai pagar? Faz um PIX!

Ao ler este artigo você entenderá o que é o PIX, sua história e como a tecnologia pode atender suas necessidades.

Uma curiosidade comum é até que ponto o PIX é ideal ou não para cada situação.

Vamos analisar assim seus pontos fortes e fracos como solução de meio de pagamento online.

É bom lembrar que o PIX ainda é muito novo.

Em 16 de novembro de 2021, o PIX comemorou seu primeiro ano, com um volume ou saldo impressionantes de mais de R$4 Trilhões transferidos.

o-que-é-pix

Introdução

Acredito que veremos muitas teses e análises sobre como um projeto tão amplo foi feito de maneira perfeita, da concepção à implementação, ressaltando principalmente seu sucesso diante do público.

Considerando que o PIX foi criado pelo Banco Central (BC), a adoção generalizada da tecnologia pode ser explicada pelo poder e influência de uma das instituições públicas mais poderosas no Brasil.

Mas mesmo assim, isso não tira o mérito da iniciativa que, entre tantos atributos, fez os serviços de DOC e TED parecerem pré-históricos após o lançamento do PIX.

Em um país tão populoso como o Brasil, imaginar que praticamente todo cidadão com conta bancária sabe o que é PIX e para que funciona, é um feito fenomenal.

Porém, como acontece em projetos que mudam todo o mercado, ainda estamos em estágio considerado inicial e é possível esperar uma maturação. Ou seja, uma acomodação do projeto, como melhorias e ajustes seja na tecnologia como na parte comercial.

Falando em parte comercial, um dos fatores de sucesso da incrível adoção do PIX pelas pessoas, foi de que era muito melhor que o DOC e TED e, o principal, sem custo algum.

Como vamos analisar abaixo, a questão comercial do PIX é algo que, ao meu ver, ainda está em discussão sob o ponto de vista de modelo de negócio pelos bancos, plataformas de e-commerce e sistemas de pagamentos online.

Dessa maneira, uma das tendências futuras do PIX que é importante discutir é até que ponto ele será gratuito para o mercado em geral.

Como-funciona-o-pix

O que é o PIX, como surgiu e pontos positivos

De acordo com o próprio Banco Central, seu idealizador, o PIX é um meio de pagamento eletrônico e basicamente serve para pagar e receber recursos financeiros.

O grande trunfo do PIX, no entanto, foi sua ambição como projeto: permitir a transferência dos recursos em segundos.

Tal façanha, antes do projeto PIX, poderia ser considerada uma missão impossível, já que o Brasil possui muitos bancos e centenas de instituições financeiras.

Dessa maneira, para sair do papel e se tornar uma realidade, precisaria ser um projeto impecável tecnicamente e politicamente para funcionar.

Em 2019 o PIX entrou no ar como meio de pagamento amplo e de maneira vertiginosa todas as principais instituições financeiras foram adotando e lançando sua adesão. Mas apenas em Novembro de 2020 que se popularizou e virou sucesso.

O PIX surgiu até que de maneira tímida, como mais uma opção ao TED e DOC. Mas seu funcionamento muito mais simples com chaves (códigos) personalizados escolhidos pelas pessoas, caiu no gosto dos usuários.

O desenrolar (rollout) do projeto, em termos de adoção, foi uma avalanche, um sucesso absoluto.

Resumo da história, o Pix conta com mais de 700 instituições cadastradas, oferecendo o serviço no Brasil.

pix-é-seguro

Conheça algumas desvantagens do PIX

Nem tudo no PIX são flores.

Uma das críticas ao PIX claramente não são relacionadas a sua eficiência ou seu modelo de operação. O PIX opera de maneira incrivelmente simples, prática e seguro para todos.

Então, falar em críticas pode até pegar você meio de surpresa, não é?

Mas vamos a algumas críticas e explicar elas para você, inclusive entender que ajustes ou evoluções podem surgir no futuro.

Desvantagem 1: O PIX não é “tão gratuito assim”.

O PIX foi lançado como meio de pagamento gratuito para todos. 

Hoje ele já é considerado um meio de pagamento grátis para pessoa física, porém com custo para outros casos.

E amanhã, como será?

Que o PIX foi bem estruturado, feito para ser rápido, fácil, versátil e seguro, já estamos cientes e usamos como uma alternativa.

Mas que a verdade dura e crua seja dita: tudo tem um custo nessa vida. Por mais que queiramos serviços grátis, alguém, na prática, tem que pagar essa conta.

A cobrança de taxas e tarifas é necessária quase sempre, para que os serviços financeiros ocorram em tempo real, seja o serviço que for.

Afinal, isentar tarifas pode ser parte de uma estratégia comercial.

Mas em um contexto sustentável de negócio, a conta chega um dia e aí é esperado que os bancos venham com a taxa PIX também para a pessoa física.

Me surpreendi recentemente com a taxa de DOC e TEC que recebi em meu banco. Paguei R$ 10 de tarifa em uma conta jurídica e, ao verificar a opção do PIX, este era apenas R$1 mais barato, ou seja, o custo do PIX era de R$ 9.

Portanto, entenda que o PIX é mais um serviço com custo que você precisa analisar se vale a pena.

O velho, e permita-me dizer, bom Boleto Bancário possui uma tarifa de menos de R$5, com compensação que demora de 1 a 2 dias úteis.

Desvantagem 2: PIX nem sempre é o meio ideal para vendas online

Em venda online, o processo de decisão de compra não tem nada a ver com a decisão de transferência financeira.

Comprar online é ver custo, benefício e principalmente flexibilidade de pagamento.

No PIX, o dinheiro chega em segundos ao destinatário, e claro, sai na hora da conta do cliente.

Já o meio de pagamento como cartão, você dá ao comprador a opção de gerenciar o dia e a maneira que ele vai pagar depois.

E é bom lembrar, o cartão de crédito também é um meio de pagamento incrível, com pontuação ou cashback para incentivar o consumo, sem falar que gostamos de comprar com parcelas sem juros.

Mesmo o bom e velho boleto bancário permite ao comprador certa flexibilidade. Com boleto é possível fechar uma compra, imprimir o boleto e agendar o pagamento de acordo com o seu vencimento.

Há quem diga que virá outros serviços e variações relacionados ao PIX para dar essa flexibilidade que você encontra no cartão de crédito e boleto.

Desvantagem 3: A rapidez do PIX

Outro desvantagem, ou ponto fraco do PIX, é sua velocidade. É claro que, para muitas pessoas, o fator rapidez é um elogio.

Mas, acreditem, a rapidez nas operações também pode ser ruim.

A transferência instantânea deu brecha a mau uso e incentivo de sequestro, além de transtornos causados aos usuários mais desatentos.

Por esse motivo, as etapas de efetivação e conclusão do PIX, que eram apenas duas, passaram a ter três, justamente para evitar o envio de valores para a pessoa errada. 

O cartão de crédito é também instantâneo, mas no cartão de crédito existem opções de estorno, cancelamento e aviso de fraude já muito bem estabelecidos para proteger os usuários.

O Boleto bancário passou por críticas duras vários anos atrás e, após normas revisadas, a emissão de boleto precisa hoje de endereço e os bancos e plataformas de pagamento que emitem boleto estão todos aderentes a práticas de segurança.

Importante dizer que o boleto sai automaticamente e na hora de quem paga, como o PIX, e embora sua compensação tome 1 ou 2 dias, é também considerada uma forma rápida e prática de pagar, além de segura.

pix-como-meio-de-pagamento

Afinal, o PIX é um meio de pagamento ideal para seu negócio?

Considerando o fenômeno de adoção do PIX, ele já supera ou se aproxima em muitos casos, do volume de pagamentos feito em dinheiro ou no cartão de débito.

Portanto, como meio de pagamento à vista, mesmo não atendendo as pessoas que não possuem conta bancária ou conta digital, é considerada um meio de pagamento perfeito ou, para não ter exageros, quase que perfeito.

O Boleto Bancário, por outro lado, atende bem a população que ainda não possui conta em banco porque basta imprimir um boleto e ir em uma lotérica ou banco para pagar.

Já como flexibilidade de pagamento, o pagamento em cartão de crédito ainda é a forma preferida de compra online, sendo que o brasileiro adora promoções e ofertas para pagar em várias vezes sem juros.

Gostou desse artigo?

Compartilhe com amigos e em suas redes sociais.

O Blog da Alboom publica semanalmente conteúdos de qualidade com foco em seu crescimento e evolução profissional.

A Equipe de Conteúdo da Alboom Recomenda a Leitura dos Seguintes Artigos

O que são Princípios e Valores e como melhor Empreender com eles?

10 Qualidades de uma Pessoa Empreendedora

Trabalho: Definição, História, Tipos e como encontrar oportunidades