Você sabe explicar o que é Fotógrafo Profissional e Amador? Diferenças e Semelhanças?

A partir do surgimento da uma câmera fotográfica digital, a quantidade de fotógrafos no mundo aumentou muito rapidamente.

Agora se considerarmos todas as pessoas que possuem um celular com câmera, esse número dispara e o número de pessoas com smartphone passa de bilhões no mundo segundo pesquisa do Statista.

Outro fator que influencia bastante para haver tantos “fotógrafos” pelo mundo, são os aplicativos de mídia social, como por exemplo, o Instagram.

Acesse e leia também: Como não perder seguidores no Instagram.

De fato, todos esses fatores fazem com que muitas pessoas hoje se denominem “fotógrafos”. 

Porém, qual é a distinção de um fotógrafo amador e fotógrafo profissional?

Embora não haja órgãos reguladores para classificar fotógrafos profissionais de amadores, algumas características podem ser percebidas entre ambos.

O Profissional Fotógrafo ou Fotógrafos Comerciais

fotografo-profissional

O fotógrafo profissional tem, como características principais, a dedicação ao trabalho fotográfico e possui experiência em fotografar.

Isso mesmo, a experiência é um dos fatores determinantes para definir um profissional.

Fotógrafos que não se dedicam e não possuem experiência constante através de trabalhos fotográficos não são normalmente considerados “profissionais”.

Uma outra forma de definir o que é fotógrafo profissional é o lado financeiro. Um fotógrafo profissional geralmente recebe pelos seus trabalhos fotográficos, construindo um negócio que possui site, contrato de serviços, e por consequência, também divulga seus trabalhos com o intuito de conseguir mais trabalhos e clientes.

E falando de fotógrafo comercial, que também é sinônimo de fotógrafo profissional, não é necessário ter uma dedicação integral à carreira para ser um profissional. 

De acordo com o Anuário da Fotografia 2020, um fotógrafo profissional pode ter dedicação parcial, ou seja, pode ter outras formas de renda além da fotografia.

E os Fotógrafos Experientes que não são “comerciais’?

Ao analisar a fundo o que distingue um fotógrafo profissional, percebemos que os melhores fotógrafos do mundo não se classificam como sendo um fotógrafo profissional. E sim, apenas se classificam como “fotógrafos”.

Continuando essa discussão que pode se tornar mesmo polêmica, algumas fontes afirmam que se a renda de uma pessoa for de no mínimo 50% proveniente da fotografia, a pessoa é considerada um fotógrafo profissional.

Isso é um tanto polêmico porque a fotografia não necessariamente está ligada ao comercial. Ela pode ser exercida com afinco e dedicação, e digamos, também bancada por conta própria, sem gerar renda ou comercialização.

Diferencas-de-fotografo-profissional-e- amador

Fotógrafo Amador: uma forma de preconceito?

E aí? pronto para mais uma discussão polêmica?

Uma coisa é um fotógrafo virar para um amigo e dizer: Eu sou um fotógrafo amador.

A outra, bem diferente, é julgarmos um outro fotógrafo como amador.

O Fulano é um fotógrafo amador…”

Entendendo o significado da palavra amador, podemos dizer a mesma coisa de uma forma a não incomodar tanto e sem dar tons pejorativos ao que vamos dizer:

O Fulano é um fotógrafo entusiasta. Ele está se desenvolvendo rapidamente.”

O Fulano é um fotógrafo sem interesses comerciais…”

O Fulano é um fotógrafo hobista. Ele fotografa por hobby mesmo.”

Viu como cada expressão ficou diferente escolhendo palavras diferentes de “amador”?

Enfim, o que queremos dizer é que a palavra amador é uma palavra que pode ser mal interpretada. Ela traz mais conotação de crítica do que de apreciação.

Então, Como definir um Fotógrafo Amador?

Se a idéia é mostrar que alguém está começando na fotografia, podemos até dizer que o fotógrafo é amador com o sentido que ele ainda está praticando e se aperfeiçoando para logo se tornar um fotógrafo comercial ou profissional.

Mas se a idéia é mostrar alguém que pratica fotografia mas não comercialmente, a dica é chamar o fotógrafo de hobista, entusiasta ou simplesmente de fotógrafo.

Conclusão

Dificilmente a fotografia, ou no caso o fotógrafo, ganhará rótulos que vão definir com profundidade o universo completo dessa carreira que é ampla e subjetiva. A fotografia muitas vezes é muito mais que carreira ou profissão. Antes de ser um negócio, a fotografia é uma paixão, uma arte, e até mesmo uma área de estudo e pesquisa.

Não é à toa que os próprios fotógrafos se auto denominam com expressões que nem mencionam a palavra fotografia, nem fotógrafo, nem profissional.

Interessante isso, não é?

Veja este exemplo de um fotógrafo dizendo o que ele faz:

“Eu conto as histórias dos outros para jamais serem esquecidas.”

Essa frase foi dita por um fotógrafo de casamento.

A fotografia é uma das maiores invenções na história da humanidade, revolucionando a sociedade como um todo, transformando a economia, a arte e a cultura.

O universo fotográfico é sempre complexo e muito apaixonante, você concorda?

Deixe abaixo o que achou deste artigo e compartilhe o blog da Alboom – que a cada dia tem mais conteúdo para você evoluir na carreira e crescer mais rápido o seu negócio.


Crédito das imagens:

Fotografia da Capa: Dieny Portinanni.

Demais Fotografias: Rafael Bigarelli, Jose Carlos Ichiro.

23 CommentsClose Comments

23 Comments

Comments are closed.