Saiba porque é importante o fotógrafo ter um contrato de prestação de serviço com o seu cliente

Em Contrato de Fotográfico: Por que é importante fazer um?, ressaltaremos a importância e a relevância, sem falar no profissionalismo, que reflete para o cliente quando tudo é especificado em contrato de prestação de serviço, com foco na fotografia.

Já ouviu aquele famoso e conhecido ditado: “Combinado não sai caro”? É exatamente isso. 

O “caro”, no caso, não é o valor, mas sim em evitar problemas e ter tudo alinhado, entre o prestador de serviço e o cliente.

Então, vamos entender um pouco mais sobre contratos de prestação de serviços fotográficos, para que ele serve e quando se deve fazer um.

Quando usar um contrato de prestação de serviço?

Por mais banal que possa parecer, um contrato de prestação de serviço usado em várias situações, não apenas na fotografia.

Em resumo, um contrato de prestação de serviços fotográficos, é necessário quando envolvem duas partes: Uma que executará o serviço e outra que fará o pagamento.

Portanto, é muito importante que o prestador de serviço faça um contrato contendo todas as informações e também como executará o serviço.

Agora, se você é o cliente que está contratando um serviço fotográfico, exija um contrato de prestação de serviço.

Contrato-de-Fotografia-Por-que-e-importante-fazer-um

Quando e por que fazer um contrato de fotografia?

Primeiramente, você sempre deve fazer um contrato de prestação de serviço fotográfico. Sem exceções.

Pode ser um conhecido seu, um parente, um cliente de longa data. Sempre faça, por mais simples que o contrato seja, ele é indispensável.

O porquê você deve fazer é muito simples: é o seu trabalho e isso o torna mais profissional, principalmente na visão do seu cliente.

Além disso, o contrato de prestação de serviço fotográfico é uma garantia para você e para o seu cliente também.

Então, capriche, faça sempre ajustes de acordo com o cliente e o tipo de serviço que você prestará.

Afinal, neste contrato de fotografia constará detalhes de como executará o serviço, o valor cobrado, a forma de pagamento, o tempo de duração e entre outras informações relevantes.

Muitas vezes, por mais óbvio que pareça, alguns detalhes essenciais podem ser esquecidos e, até mesmo, negligenciados em contratos fotográficos.

Com um contrato bem redigido, evita-se um desgaste desnecessário das partes envolvidas durante todo o processo. Seja no antes, durante e principalmente depois da realização do evento ou da realização das fotografias em si.

Por isso, selecionamos algumas dicas preciosas que, caso não estejam claras ou inclusas e também se foram pertinentes e aplicáveis ao que deseja contratar, você precisa se atentar.

Dicas do que incluir no contrato dos serviços fotográficos

1-) Constar todos os dados das partes – empresa e cliente;

2-) Especificar todos os itens e tópicos do que está sendo contratado;

3-) Em evento externo (fora do estúdio do profissional), constar todos os dados e endereços dos locais onde realizados os serviços. Caso ocorra em mais de um local, constar todos os endereços dos trabalhos;

4-) Formas de pagamento dos serviços, constando número de parcelas, valores e as datas dos pagamentos, assim também a forma de pagamento previamente combinada; Além disso, deixe especificado caso tenha multa por atraso e também custos adicionais, caso tenha alguma mudança não programada.

5-) Inclua no contrato os horários de início e término dos serviços. Em caso do evento ser longo, especifique se haverá pausa de alimentação e se no valor do ensaio já estão inclusas na alimentação da equipe fotográfica.

6-) Inclua no contrato como você disponibiliza as fotografias para escolha e seleção e a entrega das fotografias. Confirme também se no valor está incluso o álbum fotográfico.

7-) É importante que, antes de assinar o contrato, você tenha uma garantia que o escopo esteja correto ou que haja um número mínimo de horas para que o trabalho fotográfico seja executado com sucesso.

Portanto, ao ser contratado, envie sempre uma cópia do contrato por e-mail, dias antes de sua assinatura, e instrua o seu cliente a analisar com cuidado e tranquilidade todas as cláusulas do mesmo, se colocando sempre a disposição para eventuais dúvidas.

Lembre-se que o contrato é sempre formulado no que você e o seu cliente conversaram e acertaram previamente. Redija sempre de maneira clara e objetiva, para evitar ambiguidade e até mesmo dúvida com o seu cliente.

contrato-de-prestacao-de-servicos-fotograficos

O que você evita com um contrato de fotografia?

Além de evitar desentendimento, você também terá o respaldo que tudo que foi combinado será cumprido e executado. 

Ressalvadas algumas adversidades relacionadas ao clima, mas que também podem constar em contrato, as possibilidades de algo não sair como o planejado são diminuídas drasticamente.

Se você é ligado nas redes sociais, deve ter lido, ou ouvido falar, da notícia que viralizou de um caso de uma fotógrafa que deletou as fotos na frente do noivo, pois ele não deixou ela parar para se alimentar.

Pois é. Isso é muito triste, na verdade. Mas ressalta o alerta e a importância de ter todos esses detalhes, incluindo se haverá a pausa para a alimentação dos profissionais que estarão trabalhando.

Em resumo, o contrato de prestação de serviço fotográfico trará mais segurança para os envolvidos.

E você, já passou algum perrengue por falta de contrato de fotografia ou vivenciou uma situação que teve que lembrar o seu cliente de alguma cláusula? Comente aqui e conte a sua história também!